Estrelinhas do mouse.

domingo, 24 de março de 2013

SALVE O PLANETA.



COMPARTILHE. ALÉM DE SER DE GRAÇA, VC PODE FAZER A DIFERENÇA ENTRE SIMPLESMENTE CURTIR E SALVAR UM VIDA.

ȯ Canal @[127763400616986:274:Salve o Planeta]

SAÚDE - APRENDA A FAZER UMA ARMADILHA SIMPLES CONTRA PERNILONGOS E MOSQUITOS DA DENGUE.

Itens necessários:

O que precisamos é, basicamente:
200 ml de água,
50 gramas de açúcar mascavo,
1 grama de levedura (fermento biológico de pão, encontra em qualquer supermercado ) e uma garrafa plástica de 2 litros. [...]

Como fazer:
1. Corte a garrafa de plástico (tipo PET) ao meio. Guardar a parte do gargalo:
2. Misture o açúcar mascavo com água quente. Deixe esfriar. Depois de frio despejar na metade de baixo da garrafa.
3. Acrescentar a Levedura . Não há necessidade de misturar. Ela criará dióxido de carbono.
4. Colocar a parte do funil, virada para baixo, dentro da outra metade da garrafa.
5. Enrolar a garrafa com algo preto, menos a parte de cima, e colocar em algum canto de sua casa.

Em duas semanas você vai ver a quantidade de pernilongos e mosquitos que morreram dentro da garrafa.

Além da limpeza de suas casas, locais de reprodução de pernilongos e mosquitos, podemos utilizar este método muito útil em: Escolas, Creches, Hospitais, residências, sítios, chácaras, fazendas, floriculturas. etc Não se esqueça da Dengue nos próximos meses: este pernilongo pode matar uma pessoa!

ASSISTA AO VIDEO PARA NÃO FAZER ERRADO:http://bit.ly/11wX2X3
COMPARTILHE. ALÉM DE SER DE GRAÇA, VC PODE FAZER A DIFERENÇA ENTRE SIMPLESMENTE CURTIR E SALVAR UM VIDA.

Salve o Planeta

SAÚDE - APRENDA A FAZER UMA ARMADILHA SIMPLES CONTRA PERNILONGOS E MOSQUITOS DA DENGUE.

Itens necessários:

O que precisamos é, basicamente:
200 ml de água,
50 gramas de açúcar mascavo,
1 grama de levedura (fermento biológico de pão, encontra em qualquer supermercado ) e uma garrafa plástica de 2 litros. [...]

Como fazer:
1. Corte a garrafa de plástico (tipo PET) ao meio. Guardar a parte do gargalo:
2. Misture o açúcar mascavo com água quente. Deixe esfriar. Depois de frio despejar na metade de baixo da garrafa.
3. Acrescentar a Levedura . Não há necessidade de misturar. Ela criará dióxido de carbono.
4. Colocar a parte do funil, virada para baixo, dentro da outra metade da garrafa.
5. Enrolar a garrafa com algo preto, menos a parte de cima, e colocar em algum canto de sua casa.

Em duas semanas você vai ver a quantidade de pernilongos e mosquitos que morreram dentro da garrafa.

Além da limpeza de suas casas, locais de reprodução de pernilongos e mosquitos, podemos utilizar este método muito útil em: Escolas, Creches, Hospitais, residências, sítios, chácaras, fazendas, floriculturas. etc Não se esqueça da Dengue nos próximos meses: este pernilongo pode matar uma pessoa!

ASSISTA AO VIDEO PARA NÃO FAZER ERRADO:http://bit.ly/11wX2X3

BOA SEMANA A TODOS!
Beijão,
Marlene.

sexta-feira, 22 de março de 2013

UMA DICA PARA PRESENTEAR NA PÁSCOA.

Coelhos que carregam ovinhos de chocolate!
Estes foram feitos por mim, desenhei o molde olhando a foto,
pode ser feito do tamanho que quiser.
Vale a pena tentar, use feltro, linha de bordar, caneta para desenhar
no tecido e cola quente. Só isso e tcham, tcham, tcham!
Não ficaram bonitinhos?
Ah! desculpem, faltaram os ovinhos para encherem os cones ainda vou providenciar!
Beijos!
Marlene.


PARA UM CHAZINHO, UMA BANDEJINHA.


Postado pelo site Superziper.

mini-bandeja
Acreditem se quiser, essa bandejinha simpática para o chá da noite (sim, eu sempre tomo!) era um porta-retratos normalzinho.
Vejam como foi feito!
mini-bandeja-etapas
Já tinha visto na internet e em bazares algo parecido: bandejas com toalhinhas de crochê embaixo do vidro.
Ou seja, para fazer uma eu precisava resolver duas coisas:
1. o suporte
2. o enfeite
Ao invés de comprar uma bandeja, eu vi muito potencial em um porta-retrato que já tinha em casa (na foto, eu, a Andrea e a Nikki em NY – post aqui), principalmente por sua moldura mais alta. Além disso, o branco é neutro e dá mais possibilidades.
Para o enfeite, queria muito uma toalhinha, mas meus dotes de crochê não chegam para tanto. Então busquei na minha gaveta de retalhos essas rendas antigas – vieram daqui. Como não davam na largura, coloquei dois pedaços, um para cada lado.
Escolhi um papel creme para usar de fundo e colei tudo com cola em bastão mesmo. Cortei os excessos para não ficar volumoso. E por último arranquei o suporte de porta-retrato que havia no verso da peça. Prontinho!
Estou usando a bandejinha diariamente. Apesar de pequena, cabe a xícara e ainda um pires com biscoitinhos. Também pode ser usada como apoio, para não marcar móveis de madeira. Daria para incrementar e colocar alças, mas minha mesa de cabeceira é pequena e optei por deixar assim mesmo.
E aí, se aventuram?

Gente, é muito fácil fazer a bandejinha e fica uma graça!
Bom fim de semana a todos!
Beijão,
Marlene.

ALMOFADA NA TÉCNICA DO LOG CABIN.

VILA DO ARTESÃO.

PARA QUEM GOSTA DE PATCHWORK

A almofada que vamos aprender hoje tem um tema de Páscoa, mas é claro que a estampa central pode ser trocada por qualquer outra e esse passo-a-passo ser aproveitado de muitas outras formas. A técnica do patchwork é chamada de Log Cabin.
O que é Log Cabin? Significa cabana de toras.
É um dos blocos mais tradicionais do patchwork. Ele representa as cabanas construídas pelos pioneiros do oeste norte-americano.

São formados por quadrados vermelhos no centro simbolizando a lareira, tons claros de um lado representando o sol, e do outro lado tons escuros, representando a sombra.
Se mudarmos as cores do centro novos significados aparecerão. O centro em preto significará as cinzas do fogo da lareira que se apagou. Já o dourado simbolizará a luz do sol entrando pela janela.

Atualmente o bloco vem ganhando cada vez mais características de quem o confecciona. Vale colocar uma figura central e seguir com as cores claras e escuras, bem como usar sobras de tecidos, formando padrões únicos e muito bonitos. Já entendeu, né? Coloque o seu estilo no projeto e comeca já a criar.

Passo-a-passo do Log Cabin


Material para o Log Cabin Vamos precisar de:
uma figura medindo 17x17cm, quatro tecidos coordenados 100% algodão, sendo dois claros e dois escuros, manta acrílica, tecido de algodão crú para forro e material básico para costura à máquina.
Cortar nos quatro tecidos escolhidos, uma faixa de 4cmx1m. Cortar as tiras de tecido
Aqui estão as tiras de tecido Teremos quatro cores diferentes para esse projeto, mas você pode fazer só com duas também.
E essa é a estampa central, que você pode usar no tema que bem quiser. Divirta-se com isso.
Lembre de deixar uma pequena margem para a costura.
Aqui está a gravura
Costure o lado esquerdo Posicione a primeira faixa de tecido na lateral esquerda da figura e costure.
Corte as sobras da faixa na mesma medida da estampa central. A primeira faixa terá a mesma largura da estampa. Corte a ponta da faixa
Costure a segunda tira Posicione a próxima cor no sentido anti-horário da estampa, e costure novamente. Corte a sobra do final da faixa.
Costure as outras faixas seguindo o mesmo processo para ficar como mostra a foto. Repita com a terceira e quarta faixa
Os primeiros quatro lados costurados No final você terá outro quadrado.
Exatamente do mesmo modo que a primeira volta, repita a costura das faixas sempre no sentido anti-horário, dando mais uma volta, como mostra a foto. Costure a segunda volta
Dê a terceira e quarta volta Faça a terceira e a quarta volta repetindo o mesmo processo.
Posicione a peça de patchwork sobre um pedaço de manta acrílica de 40x40cm. Corte a manta acrílica
Passe uma costura decorativa Passe uma costura decorativa no quadrado central da estampa, como mostra a foto, unindo a peça de patchwork à manta.
Passe uma costura reta em todas as faixas, menos na última antes da borda. Observe na foto. Passe uma costura em todas as faixas
Prenda o conjunto no algodão crú Apare as sobras da manta acrílica e alfinete o conjunto num quadrado de algodão crú. 
Corte num dos tecidos de algodão dois retângulos medindo um 30x36cm e outro 18x36cm. São para a parte de trás da capa.
Faça em cada retângulo uma bainha na borda que ficará para dentro.
Alfinete os retângulos na peça.
Corte as partes do verso da almofada
Costure toda a borda Costure por toda a volta.
Vire a peça para o lado direito e assente as costuras com o ferro de passar. Desvire e passe a ferro
Costura a última faixa Lembra daquela faixa que não recebeu a costura?
Agora sim você faz uma costura reta nessa última sequência para formar a moldura da capa.
A proposta é brincar com as faixas, e montar vários blocos diferentes, como os da foto. Almofada em outra montagem

É tão fácil de fazer que ainda dá tempo de preparar para presentear.
Vamos ficar esperando as fotos dos seus projetos, queremos ver como estão indo os trabalhos.
Aproveite e até breve.
 Priscila Mendes, colunista sobre Patchwork para a Vila do Artesão.

LINDO, NO CAPRICHO!
BEIJÃO!
MARLENE.

quarta-feira, 20 de março de 2013

Coelho de tecido para brincar na Páscoa!

 VILA DO ARTESÃO

Coelho de tecido, um boneco de páscoa

Coelho de tecido para brincar na Páscoa e no resto do ano, é claro. Eu sei que tem muita gente que precisa regular a dose de chocolates das crianças, então a dica mais óbvia é incluir um brinquedo entre os presentes. Se os estudos já provam que os brinquedos tradicionais continuam entre os preferidos da garotada, pra que então inventar moda? Vamos de boneco de pano, fácil, baratinho de fazer e é artesanato.
É tão simples esse projeto, que dá pra fazer uma família inteira de coelhos. Confere aí.

Como fazer um coelho de tecido


Vamos precisar de tecido de algodão, liso ou estampado, fica ao seu gosto. Tenha também plumante ou fibra siliconada e feltro para os detalhes.

Transfira riscos para o tecido Clique aqui e imprima os moldes. Estão no tamanho que usei, mas você pode adaptar do jeito que preferir: menor ou maior.
Transfira os moldes para o tecido no avesso.
Costure as orelhas e os braços deixando uma abertura na parte de baixo para rechear.
As orelhas não são recheadas. Apenas desvire, e dobre as pontas para dentro. Prenda com um alfinete, como mostro ao lado.
Vá para o corpo.
Costure as orelhas
Comece costurando as partes
O corpo deve ser costurado até o início do topo da cabeça. Pare nesse ponto para encaixarmos as orelhas.
Encaixe as orelhas na cabeça entre os tecidos deixando-os para o lado de dentro. Cuide para que as frentes das orelhas fiquem ambas do lado certo.
Leve à máquina e continue a costurar de onde parou.
Deixe uma abertura na lateral do corpo para desvirar.
Encaixe as orelhas na cabeça
Corte o excesso de tecido Antes de desvirar corte o excesso de tecido em torno da costura. Deixe 0,5 de margem.
Faça picotes nas partes curvas para não ficar feio na hora em que desvirar.
Repita no corpo, especialmente entre as pernas do coelho.
Desvire e use um instrumento sem ponta para ajeitar todas as costuras.
Faça picotes nas partes curvas
Recheie o coelho Recheie braços bem cheinhos.
Recheie o corpo do coelho também com bastante fibra. Bonecos murchos são muito sem graça. Recheie o corpo
Feche as aberturas Feche as aberturas dos braços e do corpo usando pontos invisíveis. 
Costure os braços no corpo com uma costura bem reforçada. Lembre que é para a criançada curtir e tem que aguentar. Costure os braços no corpo
Recorte olhos e nariz em feltro Recorte olhos e nariz em feltro e cole na cabeça com cola universal de artesanato, que seca bem rapidinho.
Aqui também vale bordar ou usar botões diferentes.
Olha aí o Coelho Sapeca.
Se fosse azul seria primo do Sansão da Mônica, né não?
Repare que nas orelhas usei um composé com tecido liso. Explore isso do jeito que preferir, fica show!!!
Carinha do coelho de páscoa de tecido

Uma horinha de trabalho e o coelhinho de páscoa está pronto. Diga aí se não dá pra fazer muitos deles, heim?
Taí um projetinho ligth em todos os sentidos. Usufrua e depois me conte.

Fotos e passo-a-passo: Cris Turek

Muito lindinho, vou fazer com certeza!
Beijão ,
Marlene.

 

segunda-feira, 18 de março de 2013

Gatinho fofo-molde


Ah! que lindo!


Que gatinho mais lindo!!!!

Vou fazer né???
Vi no face e fui buscar o molde AQUI.
Em feltro ou tecido,pequeno para lembrancinha ou maior ára usar como almofada...
Vamos fazer?
Bjos e um ótimo dia !
Soraya
 


Muito lindinho!
Marlene.

Cachepô trançado



Do site Casinha Fofa.

Cachepô trançado


Um jardinzinho bem cuidado é uma lindeza, né friend?
A gente nem precisa ter um espaço enorme, com muita terra pra mexer...

Vasinhos coloridos podem dar um belo efeito, com folhagens viçosas ou com flores como violetas, calanchoe, lírios da paz... Dão uma alegria e tanto aos cantinhos da casa!!!

Daí, para completar os cuidados com o jardim, que tal acondicionar as plantinhas em lindos cachepôs?
Nesse projeto, fiz a peça com estrutura toda trançada e base de papelão Paraná forrado. Não dá pra perceber muito bem pela foto, mas as tiras da trança são intercaladas com  efeito de sombreado e chuva americana.
Completando a composição, um laço em tecido com padrão patchwork!

Já que estamos na época de Páscoa, vale fixar uma coelha com chapéu e tudo pra entrar no clima!! Passada a data, retiramos a coelha que pode ser guardada para o próximo ano.


Bacana, né?! Só é preciso ter o cuidado de não levar o cachepô para um local onde bata muito sol, afinal o EVA é sensível ao calor. Do mais, tudo é permitido!!!!

E viva nosso jardim!!!!






Muito fofos!
Marlene.

SEIS FLORES DE FELTRO. PAP.




Top 6 flores de feltro
por Andrea
flores_feltro_abre
Neste final de semana resolvemos revisitar um projeto beeeeem antigo. Em meados de 2007, o blog estava só começando e nós éramos malucas por… FELTRO.  Sim, o tempo passou e nós ainda gostamos muito deste material tão amigo das costureiras novatas e entusiastas dos crafts em geral – não requer acabamento, pode ser costurado à mão e até colado(yay!).  Em homenagem ao nosso amigo o feltro resolvemos fazer uma compilação das flores legais que já fizemos com ele. Com direito a uma flor que não é de feltro e sim de sianinha mas é igualmente bacana e fácil de fazer.
Separe retalhos de feltro colorido, tesoura bem afiada, agulha, linha e se jogue nas flores. Todas elas são auto-explicativas mas nós damos o ´pulo do gato´ quando necessário :).
flor3
flor5
Para fazer esta rosinha clássica o segredinho é começar a enrolar o espiral de fora para dentro. A parte central vai servir de ´base´para fechar a florzinha. Basta  arrematar dando alguns pontinhos no final.

flor2
flor2
Esta é uma variação da rosinha com uma borda diferente, em zigzag. Usamos uma tesoura de picote ao invés da tesoura comum. Também não esqueça de começar a enrolar de fora para dentro do espiral e arrematar usando o miolo como base.

flor1
flor3
Outra variação da rosinha com as pétalas mais abertas! Basta cortar o espiral fazendo pequenas ondas com a tesoura. Não se preocupe em deixar as ondas completamente uniformes, um certo tortinho vai dar uma graça a mais a sua rosa.

flor4
flor4
Este crisântemo foi a primeira flor de feltro que ensinamos aqui no SZ – fizemos até um video sobre ela em 2007 (!?). Quem lembra ?  É fpacil, fácil. Dobre a tira de tecido ao meio, faça picotes em todo o comprimento e enrole. Vire, arremate com uns pontinhos para fechar o rolinho e pronto!

flor5
flor6
Esta é uma variação do crisântemo acima. Ela fica achatadinha – legal para broches e apliquem em uma base plana. A tira dobrada e picotada é a mesma mas a diferença aqui é colá-la (use cola quente ou cola para feltro) em uma base circular. Comece a colar a tira  pelas bordas e vá  colando e enrolando a tira até chegar no centro.
florricracfinal1
flor1
Por último uma estranha no ninho do feltro, mas não menos fofa. A mini rosa de cianinha. Vimos o tutorial sobre como fazer esta belezinha num site chinês e resolvemos testar – não é que deu super certo ? As fotos são auto explicativas. Basta uma tira de cianinha, linha e agulha. A rosa pode ficar gordinha ou pequena, à sua escolha. Nós preferimos nossas mini rosas assim, pequeninas e redondas.

flores-_mesa
Ufa! Seis flores bem fáceis de fazer, com efeito incrível e  com uma infinidade de aplicações. Pense em broches, enfeites de cabelo, decoração para o lar, aplique para roupas infantis…. Back to the basics! Porque as flores sempre serão um clássico dos clássicos na vida das crafters.

Do Site Super Ziper.
Beijão ,
Marlene.