Estrelinhas do mouse.

sábado, 29 de agosto de 2015

Como fazer peso de porta de corujas.


header
Instruções:
foto_01
Para esse passo-a-passo você precisará da seguinte lista de materiais:
• 30 cm de tecido para o corpo da coruja;
• Retalhos coloridos para o laço, barriga, olhos e bico;
• Termocolante;
• Botões;
• Feltro;
• Linhas;
• Cunha no formato dos pés;
• Fibra siliconada.
foto_02
Coloque o molde do corpo em cima do tecido dobrado e risque, em seguida, recorte duas vezes;
foto_03
Copie no termocolante os moldes da barriga, olhos e bico, recortando com uma sobra. Passe com o ferro o termocolante no avesso do tecido escolhido para cada peça;
foto_04
Recorte agora em cima do risco. Apos o recorte, retire o papel protetor do termocolante e faça a aplicação da frente da coruja. Sobreponha no feltro;
foto_05
Passe com o ponto “B” da maquina Elgin Decora na volta toda, em seguida, pregue os botões nos olhos e recorte o excesso do feltro;
foto_06
Sobreponha a parte de trás ficando direito com direito do tecido. Costure a volta toda deixando uma abertura em baixo para desvirar;
foto_07
Vire para o direito e encha com a fibra siliconada, dando invisíveis para fechar;
foto_08
Recorte as asas conforme o molde fazendo uma abertura para desvirar;
foto_09
Com o ponto “E” da Elgin Decora rebata a costura em volta das asas e pregue os botões para enfeitar;
foto_10
Recorte um quadrado de 10 cm e dobre-o ao meio e costure nas laterais, dobre do lado oposto e costure deixando uma abertura no centro;
foto_11
Desvire para o direito e passe um alinhavo no centro;
foto_12
Puxe a linha e enrole para franzir formando o laço e pregue o botão;
foto_13
use a cola quente para colar os pés, as asas e o laço e pronto! Seu apoio de porta de coruja esta completo!
BOM TRABALHO!
Fonte: Kátia Martinelli – Ateliê Kátia Martinelli (Aulas, vendas de peças prontas e materiais para patchwork e cartonagem).
Telefone (11) 4127-0800.
Flirck: katiamartinelliatelie.
Facebook: Kátia Martinelli.
*Para a produção da peça utilizou-se a máquina de costura Elgin Decora JX-2080.
Marlene.

Cachorrinho lindo com molde.


Vejam que lindinho, vocês podem fazer para
peso de porta ou como enfeite, e para variar
de fácil confecção manual.


Beijo,
Marlene.

Vaquinhas de feltro com moldes!


Muito fofinhas e fáceis de fazer, amei!

Peppa Pig com molde.



Gente, as crianças adoram...
Peppa Pig com molde, vocês
podem fazer com feltro.

Gatinho peso de porta.


Boa tarde a todos!
Vejam que lindinho e tem molde!

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

PANETONE INCREMENTADO.


Boa Noite Amigos!

Para quando o natal chegar...

Incrementando um panetone para a ceia de Natal

Panetone decorado para enfeitar a mesa da ceia de natal
Chegando a hora da ceia a gente quer deixar a mesa bonita, além de cheia de gostosuras, certo? Panetone é obrigatório, mas que tal se a gente der uma incrementada básica, simples, mas que vai fazer diferença na mesa da ceia? Confira como fiz com o meu, que vai durar no máximo um dia aqui em casa.
Precisamos apenas de um panetone pronto, chocolate de cobertura meio amargo, creme de leite e confeitos para enfeitar.
É tudo muito simples: vamos fazer uma cobertura de chocolate tipo ganache e depois jogar confeitos sobre ela. Leva no máximo, bem exagerado, meia hora pra deixar prontinho.


Ingredientes para a cobertura de chocolate
A regra é 100g de creme de leite para cada 200 g do chocolate picado. Aí a quantidade vai do seu gosto. Com essa medida decoramos um panetone grande.
Derreta o chocolate
Derreta o chocolate no creme de leite numa panela em banho maria. Sem deixar ferver.
Misture bem até homogeneizar
Continue mexendo até que a misture se mescle totalmente e se transforme num creme aveludado.
Agora é só deixar esfriar.
Desembrulhe o panetone
O panetone vem envolvido num papel de forma. Remova com cuidado para não arrancar nenhum pedaço dele junto.
Despeje a cobertura sobre o panetone
Despeje a cobertura sobre o panetone.
Espalhe com a espátula
Espalhe com a espátula para que ela escorra pelos lados.
Isso acontece porque eu fiz o meu ganache um pouco mais mole, colocando mais creme de leite na mistura. isso fica ao seu gosto.
Outra opção é cobrir totalmente o panetone.
Despeje os confeitos sobre o ganache
Agora é só despejar os confeitos sobre o ganache, e dar o toque que preferir. Eu escolhi os confeitos de cereais e chocolate, mas tem uma variedade imensa para você escolher.
Confira o panetone com um toque especial
Pense que apenas com esse toque o seu panetone já fará presença na sua mesa de ceia.
É outra coisa!!!!
Enfeite requintado também é uma opção
Quer outro resultado?
Faça duas coberturas, uma de chocolate e outra de açúcar de confeiteiro e use bolinhas prateadas nos detalhes.
Chique demais!!!!
Prepare a cobertura no dia, pois ela é muito delicada e não resiste ao calor do verão.
No mais é curtir esse momento, tudo de bom, com a família e os amigos.
Fotos e passo-a-passo: Cris Turek, Tra Sogni e Realtá Shabby Chic

Créditos: www.viladoartesão.com.br

Beijos, Marlene.

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Faça uma linda coruja peso de porta. (PAP e moldes).

Boa Noite Amigos,
Que tal fazermos uma linda coruja em tecido.
Pode ser usada como peso de porta ou um
enfeite para a casa!




Materiais:

- 40cm de tecido, para o corpo
- 20cm de tecido, para rosto
- 30cm de tecido, para a asa e testa
- Retalho de tecido laranja, para o bico
- Feltro branco, para os olhos
- 30cm de manta acrílica R1
- 300g de plumante
- 02 botões, para os olhos
- Areia ou pedregulho para aquário.

Passo a passo:

- Dobre o tecido ao meio, unindo direito com direito. Risque o corpo da coruja junto com a manta R1
- Faça a mesma coisa com o bico, a testa, as asas e a carinha da coruja
- Para a asa, costure apenas a parte que ficará para fora (parte ondulada)
- Costure a volta toda do bico, faça um pique e desvire
- Costure a testa em V, desvire
- A testa, costurar apenas a parte inferior (maior) e desvirar
- Encaixe todas as peças no corpo da coruja (apenas um tecido), alfinete e passe uma costura
- Depois de costurado, junte o tecido do corpo direito com direito, e costure as duas partes deixando um espaço embaixo para desvirar
- Encha com plumante e areia
- Feche com ponto invisível
- Cole os olhos, os botões e o bico.


MOLDES:



Créditos: http://claudiatenorio.blogspot.com.br/

Beijão pra vocês,
Bom trabalho...
Marlene.



sábado, 8 de agosto de 2015

Monte em sua casa um jardim vertical.


Boa noite amigos!
Para quem gosta de flores pode fazer um pequeno jardim vertical, o que não é difícil.
Encontrei este exemplo no site ao qual pertence todos os créditos:  http://www.portobello.com.br/
Materiais
- Buchas e parafusos n. 6
- Chave de fenda
- 1 treliça de bambu no tamanho desejado
- 1 manta de fibra de coco um pouco maior do que a treliça de bambu
- Abraçadeiras de náilon
- Arame grosso revestido
- Vasos de fibra de coco de vários tamanhos
- Alicate universal
Você pode utilizar as seguintes plantas (caso não tenha outras preferências):
Planta batom, dinheiro-em-penca, tostão, musgo, hortelã, tostão, ivone, hypoestes, kalanchoe dobrado, avenca, miniantúrio e bromélias.
Passo a passo:
1. O primeiro passo é medir os locais que serão furados para sustentar a treliça de bambu.
2. Apoie a treliça de bambu nos parafusos, dividindo o peso para ela não se vergar quando você puser os vasos.

3. Faça tantos furos quantos forem necessários para afixar parafusos extras e manter a estrutura de bambu bem firme.
4. Estique a manta de fibra de coco sobre a treliça e fure o material com a ponta da abraçadeira de nylon.
5. Faça a ponta da abraçadeira dar a volta na estrutura de bambu e fure novamente a fibra de coco.
6. Passe a ponta da abraçadeira de nylon pelo fechinho. É importante que esteja do lado certo para fechar.
7. Puxe a ponta da abraçadeira (o máximo que conseguir) para fixar bem a manta à treliça de bambu.
8. Corte a sobra da abraçadeira. Repita o processo em toda a treliça, o quanto for necessário.

9. Passe o arame pelo furo do vaso de fibra de coco. Dobre a ponta por dentro, fazendo um ganchinho.
10. Agora, dobre a ponta do gancho para baixo e aperte bem o arame usando um alicate universal.
11. Calcule onde o vaso entrará na treliça e deixe uns 5 dedos de arame. Corte a sobra com o alicate.
12. Ainda com o alicate, dobre a ponta do arame para trás, fazendo um “L” bem comprido.
13. Fure a manta de fibra de coco na altura de uma das hastes horizontais da treliça de bambu.
14. Empurre o arame todo para trás. Se preferir, retire a treliça da parede para fazer isso

15. Dobre o arame para baixo. Faça o mesmo com outros vasos, deixando-os próximos uns dos outros.
16. Ponha luvas (lesmas podem aparecer). Retire a planta do vaso sem desfazer o torrão de raízes.
17. Ajeite o torrão de raízes no vaso de fibra de coco, tomando cuidado para não machucar a folhagem. Repita a operação nos outros vasos e regue o jardim todo.
Fonte: Portal MdeMulher, Editora Abril (com participação de Graciliano José da Silva, técnico agrícola).
Fotos: Alline Tosha e Vitor Salgado.

Beijos,
Marlene.

Sabão com óleo de cozinha usado.


Boa tarde amigos!

Hoje vamos fazer um sabão caseiro
aproveitando óleo da cozinha que sobra
das frituras.
Com a quantidade exata de soda caustica
para não fazer mal nenhum a ninguém!

Equipe eCycle fez o teste e apresenta para você o melhor modo de produzir um sabão sustentável

Essa receita de sabão é de alta qualidade, livre de química nociva e mais amigável ao meio ambiente. Você já deve saber que o óleo de cozinha usado não pode ser despejado na pia (causa entupimento) e nem descartado de forma incorreta. É bem provável que alguém já tenha te contado alguma história sobre a possibilidade de fazer sabão com óleo usado, mas você já tentou realizar a experiência?
A equipe eCycle pesquisou e testou algumas receitas, tomando todo o cuidado para chegar numa fórmula final que contivesse somente as quantidades estritamente necessárias de cada componente. Assim, seria possível atingir um produto final com boa qualidade e com o pH mais próximo possível da neutralidade. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determina que o pH máximo dos sabões deve ser até 11,5, mas muitas das receitas estudadas apresentaram pH bem superior a esse.
A fórmula apresentada abaixo foi a que apresentou melhor resultado. É extremamente importante usar as proporções descritas a seguir. Para você fazer o seu próprio sabão em barra, os ingredientes e os materiais necessários são:

Ingredientes

  • 1 quilo de óleo de cozinha usado;
  • 140 mililitros de água;
  • 135 gramas de soda cáustica em escamas (concentração superior a 95%);
  • 25 mililitros de álcool.

Extras (opcionais)

  • 30 gramas de aromatizantes (preferencialmente óleos essenciais sem parabenos e ftalatos na composição).
  • 10 gramas de conservante alecrim em pó (saiba onde encontrar aqui).

Materiais

  • Recipientes para o molde do sabão (formas específicas, bandejas de plástico ou embalagens longa vida);
  • 1 colher de pau;
  • 1 par de luvas para lavar louças;
  • 1 máscara descartável;
  • óculos de proteção;
  • 1 balde.

Modo de preparo

Em primeiro lugar, coloque os óculos de proteção, as luvas e a máscara. A soda cáustica é altamente corrosiva e deve ser manuseada com muito cuidado. Vamos ao passo-a-passo:
1. Esquente a água até que ela fique morna (em torno de 40°C). Feito isso, despeje-a no balde e coloque a soda cáustica lentamente e em pequenas porções no mesmo recipiente, misturando sempre a cada adição. Nunca adicione água fria sobre a soda! A ordem dos ingredientes também deve ser respeitada: colocar soda sobre a água, e nunca a água sobre a soda - isso provocar uma reação forte e causar acidentes. É super importante utilizar um balde ou recipiente plástico de material grosso e resistente, e nunca utilizar garrafas PET para fazer a diluição da soda, pois elas não suportam a temperatura que a reação atinge, podendo romper e vazar esse material extremamente corrosivo.
Mexa com a colher de pau até diluir completamente a soda, de modo que não haja mais escamas. Atenção: não utilize recipientes de alumínio descartável em conjunto com a soda cáustica e certifique-se de que eles sejam suficientemente altos, pois essa dissolução pode efervescer e causar espuma.
2. Depois de retirar as impurezas do óleo (é possível fazer isso com uma peneira), esquente-o um pouco (a uma temperatura de 40°C) e adicione-o ao balde que será utilizado para colocar todos os demais ingredientes. Em seguida, insira a soda bem lentamente, em pequenas porções e misturando continuamente. Esse cuidado aumenta a sua segurança, pois a reação com a soda cáustica libera muito calor, além de produzir um sabão de boa qualidade - se você colocar a soda de uma única vez ou muito rápido sem a agitação adequada, o sabão pode empelotar e ficará difícil reverter isso. 
3. Misture somente o óleo e a soda por cerca de 20 minutos. A consistência final ideal deve ser parecida com a do leite condensado. É necessário respeitar esse tempo de mistura para que haja a reação entre óleo e a soda.
4. Após esse tempo de mistura, tem início o momento ideal para adicionar os demais ingredientes. Coloque o aromatizante e conservante (caso queira). Misture bem até que esses ingredientes se incorporem plemamente à mistura. 
5. Caso a massa final de sabão esteja muito líquida, insira o álcool lentamente e mexa bem por dez minutos para que a mistura não empelote. Nessa etapa, a massa de sabão ganhará consistência rapidamente. É recomendável que a forma em que será colocado sabão já esteja preparada e próxima. 
A sua “gororoba” vai ficar desse jeito:
Agora é só despejar na bandeja de plástico...
...e aguardar dois dias, que ela ficará assim:
Pronto! Agora é só cortar e você terá pedaços de sabão para usar no seu dia a dia. Recomenda-se, ainda, deixar em processo de cura por mais 15 dias, de preferência em um recipiente opaco, que fique num lugar fresco e sob abrigo do Sol. Esse processo visa garantir a reação completa da soda cáustica, além de permitir ao sabão perder a umidade excessiva. Esse tempo poderá variar de acordo com as condições climáticas locais. Exemplo: se o clima estiver mais chuvoso, pode ser que sejam necessários mais dias; ocorre o contrário caso o tempo esteja mais seco.
Créditos para o site: http://www.ecycle.com.br/
Beijos,
Marlene.